Dakota foi uma das convidadas pela Varity para participar do “Actors on Actors” oferecido por Shutterstock. O “Actors on Actors” é um evento onde os atores sentam e conversam sobre suas experiências na TV ou em filmes que estão com um grande sucesso, e todos nós sabemos que “The Alienist série que Dakota Fanning faz parte do elenco, foi um grande sucesso, e é claro que ela não poderia ficar de fora, então ela se juntou com o Freddie Higmore (Bates Motel e The Good Doctor) e conversaram sobre suas experiências, confira a matéria traduzida abaixo:

FH: Teve algum momento quando você pensou, “É isso que eu quero fazer quando crescer”?

DF: Minha mãe queria que eu fosse uma jogadora de tênis. Eu venho de uma família de atletas. Então essa era a última coisa que alguém esperava que eu fosse me tornar.

FH: Eu sempre senti que fui sortudo – ou pelo menos sempre pensei – por ter crescido em Londres e ter sido automaticamente removido de L.A. Eu acho impressionante que você tenha conseguido manter os pés no chão, enquanto eu tive um choque ao sair da minha realidade.

DF: Mesmo que eu ache que eu cresci em Los Angeles, eu sou originalmente da Geórgia. E minha família é muito tradicional e sulista. Então, embora eu tenha crescido em Los Angeles, eu também cresci na Geórgia, também na minha casa. Minha mãe conseguiu me dar uma vida estável e humilde.

FH: Você acabou de dirigir um curta-metragem, e tive a sorte de dirigir “Bates Motel”, e nesta temporada eu vou fazer isso de novo. Parece que há um caminho semelhante para o nosso futuro dessa maneira  de um desejo de fazer algo mais do que atuar.

DF: Dirigir para mim pareceu um passo natural. E eu amei tanto fazer aquilo. Isso me desafiou de uma maneira que eu não tinha experimentado há algum tempo. Porque, por mais que você seja desafiado com diferentes papéis ou filmes diferentes, você sabe o que significa ser um ator no set. Me sinto pressionada até certo ponto, mas também me sinto muito à vontade. Então, dirigir algo me tirou da zona de conforto, me jogou no meio de um deserto sem água. Foi aterrorizante. E foi realmente muito legal sentir isso.

FH: Eu acho que tive sorte de fazer isso dentro dessa bolha. Foi um desejo natural para mim, depois de estar no Bates Motel por alguns anos, querer contribuir além do que eu era parte. Parecia estranho deixar de contribuir com algo, o que eu fiz por cinco meses, e depois não ter nada para fazer nesse processo.

DF: Também é querer exercer um pouco de controle também. Não de uma maneira ruim, mas apenas como ator você…

FH: …planeja dominar o mundo.

DF: Eu nunca sei como responder: “Como você planeja fazer a transição de criança para adulto?” Não sei. Eu acho que isso vai acontecer um dia. E, claro, havia uma certa quantidade de pensamento que iria para os papéis que você escolhe durante esse tempo, porque eu nunca quis parecer que eu estava tentando crescer muito rápido. Acho que isso enlouqueceria se você estivesse constantemente sendo estratégico com relação a essas escolhas e, tipo, “Bom, as pessoas finalmente vão me enxergar como uma garota de 17 anos se eu fizer esse papel”. Essa não é a razão pela qual você deveria estar tomando essas decisões. Você deve fazer um personagem só porque você se apaixonou por ele. O personagem que eu interpretei em “The Alienist”, eu não tenho ideia de quantos anos ela tem.

FH: E como foi essa experiência?

DF: Foi uma das maiores experiências da minha vida. Eu realmente me sinto assim, pessoalmente e profissionalmente. O personagem que eu interpreto é mais um passo para mim, eu acho. Ela é uma personagem de época – é estabelecida em 1896 – mas ela é uma das personagens mais feministas que eu já interpretei, em uma época que realmente não existia apoio ao feminismo. E eu estou chateada que Shaun Murphy não é uma pessoa real que eu possa conhecer. Eu acho que quando um ator pode fazer isso acontecer para o público, é uma coisa tão especial.

FH: Eu acho que há um lado esperançoso e otimista dele que está conectado com as pessoas. E ele é alguém que você torce. E em um momento onde a negatividade é tão fácil de ser encontrada, o que eu amei nele foi a sua honestidade refrescante e a maneira como ele pode ser otimista e alegre e nos lembrar que existe algo de bom na humanidade. E foi uma boa transição do “Bates Motel”. Eu acho que ele também é o personagem mais complexo que eu já interpretei. Foi emocionante aceitar esse desafio e a pesquisa que foi exigida em termos do lado do autismo dele. A única coisa boa em estar no programa é definitivamente a roupa de médico. As pessoas sempre dizem: “É difícil estar em um programa de médicos?” Eu acho que tem obviamente o linguajar e os adereços, mas no final do dia você está apenas andando de pijama.

DF: Muito confortável.

Fonte: Variety

Tradução & adaptação: Equipe DFBR.

1~24.jpg5~23.jpg9~13.jpg12~10.jpg

Dakota Fanning será um dos grandes nomes que você encontrará no novo filme do escritor e diretor Quentin Tarantino titulado como “One Upon A Time In Hollywood“. A personagem de Dakota se chamará Lynette Fromme e será membro da família Manson. O nono filme de Quentin Tarantino, que se passará durante o verão dos assassinatos cometidos pela família Mason, conta também, além de Dakota, com grandes nomes da indústria como Leonardo DiCaprio como Rick Dalton, Brad Pitt como Cliff Booth, Margot Robbie como Sharon Tate e Damian Lewis como Steve McQueen. David Heyman  é o produtor e a expectativa é que as filmagens comecem no mês de Junho, em Los Angeles. O longa tem estreia prevista para Agosto de 2019.

Esse ano, o Dia Internacional da Mulher, que acontece em 8 de março, é mais especial do que nunca.
Após uma série de alegações de assédio contra o produtor de Hollywood Harvey Weinstein, os movimentos Time’s Up e #MeToo dominaram os tapetes vermelhos deste ano, já que as estrelas continuam a usar a moda como plataforma política.

Depois de vestir vestidos pretos para os Globos de Ouro e os Bafta’s, as estrelas continuam a fazer protestos sartoriais, desta vez alinhados com o Dia Internacional da Mulher. Nicole Kidman, Dakota Fanning, Taraji P Henson e Viola Davis são apenas alguns dos nomes da lista A que recentemente levaram ao Instagram para mostrar uma variedade de camisetas brancas que você pode comprar.

 

As seis camisetas exclusivas da Net-A-Porter são projetadas por seis designers: Stella McCartney, Ganni, Off White, Bella Freud, Rosie Assoulin e Chloé – cada projeto revelando uma interpretação pessoal do empoderamento feminino.

 

O tema de Chloe é delicadamente bordado com silhueta feminina de ouro, Ganni oferece uma abordagem mais lida com o slogan “garotas meninas pra cima” para promover a igualdade de gênero e Bella Freud ajuda a reforçar que o amor é a resposta através de um néon marcante ” amor para você “.
Não apenas as camisetas são incrivelmente elegantes, mas também são filantrópicas; Todos os lucros das vendas são doados para a “Women for Women International”, uma instituição de caridade que ajuda as mulheres sobreviventes da guerra a reconstruir suas vidas.
A organização sem fins lucrativos foi fundada em 1993 e ajudou mais de 462 mil mulheres em oito países afetados pelo conflito, fazendo dessas camisetas um aditamento muito digno ao nosso guarda-roupa, especial para o Dia Internacional das Mulheres.

                        

Dakota Fanning via Instagram:  “Orgulhosa de usar de para apoiar as mulheres em todo o mundo! Acesse o link da minha bio para obter a sua! Todos os benefícios de destinado ao

 

Artigo em inglês: aqui

A carreira de Dakota Fanning está cada vez mais cheia, sendo conhecida agora, como diretora! E com isso, a nossa atriz favorita, concedeu uma pequena entrevista, confira mais abaixo:

 

A atriz e modelo começou sua carreira como diretora com uma curta-metragem para uma renomada empresa de moda.

Já faz mais de uma década que Dakota Fanning se tornou a garota espetacular por excelência em filmes como A Guerra dos Mundos e sua aparição na trilogia de Crepúsculo, mas a atriz passou de frente da camera para assumir o comando por de trás dela, e passou seu aniversário comemorando sua estreia de primeiro trabalho como diretora.

De acordo com W Magazine, Fanning já tinha planos de se aventurar na construção de um produto audiovisual e aproveitou sua amizade com a empresa de moda Miu Miu para produzir um curta-metragem sobre a relação de uma pessoa com seu departamento, pois a atriz desde pequena, já tinha que se mudar entre Nova York e Los Angeles por causa de sua profissão. O filme da jovem estreou durante o desfile de moda da Fashion Week de Londres e faz parte de um grupo de shorts produzidos pela marca há alguns anos. Sob o nome de Women’s Tales, essa série faz parte do currículo de diretores importantes, um deles, é a aclamada Ava DuVaernay, cujo proximo filme será Uma Viagem no Tempo, um importante sucesso da Disney.

Para pertencer ao projeto, a única regra que a casa de modas exige é que todos os atores usem roupas Miu Miu, a temática é livre. Fanning revelou que era vital pra ela se cercar de outras mulheres em sua indústria e orgulha-se de estrear esse primeiro trabalho com recentes movimentos de Hollywood como contexto.

“Acredito que é sempre importante contar histórias de homens e fazer com que as mulheres contem histórias de mulheres. Ao final você acaba contratando a melhor pessoa para o trabalho. Foi uma grande experiência formar um grupo genial de mulheres e também de homens incríveis que apoiam as mulheres.”

A atriz de 24 anos começou sua relação com Miu Miu desde 2011 quando assistiu seu primeiro desfile durante a semana de moda em Paris. Os shorts produzidos por essa marca de roupa não passam despercebidos porque alguns deles também estrearam no Festival de Veneza. Em relação a sua carreira como intérprete, Fanning faz parte do Ocean’s Eight, o filme tão esperado sobre um grupo de mulheres ladras que protagonizará um elenco com Sandra Bullock, Cate Blanchett e Rihanna, entre muitos outros. Seu papel nesse filme não foi revelado, mas espera-se que seja um papel pequeno.

Artigo Original: Aqui

 

Com a estreia de The Alienist se aproximando, Dakota Fanning teve uma semana agitada em New York, a atriz foi em programas de TV para a divulgação da série, confira tudo abaixo:

18 de JaneiroDakota se junta ao cast de The Alienist e comparece ao Build Series, onde eles concederam uma breve entrevista sobre a série e posaram para fotos.

CHEGANDO AO BUILD SERIES.
0012.jpg0019.jpg0056.jpg0068.jpg
DENTRO DO BUILD SERIES.
1~42.jpg2~38.jpg5~30.jpg6~27.jpg
COM FÃS DO LADO DE FORA DO BUILD SERIES.
1~41.jpg2~37.jpg3~34.jpg
No mesmo dia, a atriz gravou uma participação no programa do Jimmy Fallon conhecido como “The Tonight Show with Jimmy Fallon” que foi ao ar no da seguinte (19). Dakota estava deslumbrante usando um vestido vermelho de mangas longas!

010~14.jpg011~14.jpg1~40.jpg
19 de JaneiroFanning compareceu ao Sundance Film Festival em Park City juntamente com sua irmã, Elle Fanning e o cast de The Alienist. Dakota vestia um vestido xadrez com uma blusa de mangas longas na cor preta em baixo e uma bota que ia até o seus joelhos.

REDCARPET DO SUNDANCE FILM FESTIVAL 
039~5.jpg03~13.jpg02~13.jpg020~7.jpg
PAINEL DE “THE ALIENIST” O SUNDANCE FILM FESTIVAL.
042~4.jpg043~4.jpg050~4.jpg049~3.jpg